Liderança

A Igreja Presbiteriana possui esse nome em razão de sua forma de governo, de cunho parlamentar. A administração das igrejas locais é realizada por um Conselho, formado por Presbíteros Docentes (os pastores) e Presbíteros Regentes (demais presbíteros). Eleitos regularmente pela Assembléia Geral (constituída por todos os membros da comunidade local), o Conselho da Igreja encontra-se sob a jurisdição de um outro concílio, o Presbitério (constituído pelos pastores e representantes leigos das igrejas de uma determinada área geográfica). Por sua vez, o Presbitério encontra-se sob o guarda-chuva de um concílio superior, o Sínodo(formado por três ou mais presbitérios de uma região) e todos eles – Conselhos, Presbitérios e Sínodos -, estão sob a jurisdição da instância máxima da Igreja Presbiteriana do Brasil, o seu Supremo Concílio. A Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro é a igreja-mãe da Igreja Presbiteriana do Brasil e pertence ao histórico Presbitério do Rio de Janeiro (PRJN) – o mais antigo do país, criado em 1875 – e este, ao Sínodo do Rio de Janeiro (SRJ).

Clique ao lado para conhecer nossos pastores e para saber mais sobre o nosso Conselho.

Catedral Presbiteriana

do Rio de Janeiro

Encontre o que você procura